Pesquisar este blog

sábado, 15 de agosto de 2009

História das Ruas de Uberaba

video

Título: História das Ruas de Uberaba

Produção: Tons in Versos

Direção: Patricia Villas Boas

Material exibido no Programa Tons in Versos em Abril de 2008

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Observações

No dia 03 de agosto de 2009, o programa Uberaba em Tons in Versos foi tema da coluna do professor Gilberto Caixeta, no Jornal da Manhã, causando muita alegria à equipe Tons in Versos, que trabalha incansavelmente para levar ao público matérias que traduzam a riqueza cultural da nossa região. O tema em questão, faz referência ao documentário sobre Ovídio Fernandes, artista plástico nascido em 1925, em Cruzeiro dos Peixotos, município de Uberlândia e que aos 30 dias de nascido foi trazido para Uberaba, onde cresceu e aprendeu a amar a cidade, as ruas, o casario, as pessoas, os tipos populares e a paisagem tão bem retratada nos seus desenhos e pinturas. Ovidio Fernandes, possuidor de uma personalidade humanista, colecionou ao longo da vida, muitos amigos, amantes da vida e da boa conversa. Faleceu em 1998, deixando vasta obra e muita saudade.

A seguir, a matéria acima citada, na íntegra:
"Em Tons in Versos com Patrícia.

O programa cultural Uberaba em Tons in Versos, transmitido pela TV Universitária aos sábados e reprisado no domingo, deveria estar veiculando também em DVD nas escolas, como conteúdo transversal e entretenimento cultural para professores. Os patrocinadores deste programa fazem um bem danado à memória uberabense, enquanto o poder público fica inaudível, nada faz para incentivá-lo e/ou apoiá-lo. Quem sabe, agora, com os novos ares rondando a Fundação Cultural,ela inspire esse programa e o sinta como um canal de conhecimento e de socialização cultural de Uberaba . O mesmo vale para a Fundação mantenedora da UFTM, que tem curso de História e Licenciaturas, e da TV, no sentido de apoiar o programa e aqueles voltados à cultura.
Assisti ao programa que relata a vida do artista Ovídio Fernandez, de quem eu , particularmente, nutro recordações por reconhecimento do seu trabalho à frente das artes plásticas, com seus quadros a guache e bico de pena.
Quando diretor do Arquivo Público, Ovídio esteve ao nosso lado. Idealizou a logomarca do Arquivo - que é um livro -, desenhou e pintou a história da arquitetura uberabense, entre outros. Os originais estão neste órgão, que faz um belo trabalho de preservação da memória cultural de nossa cidade. Quem não acreditava na gestão da Lélia Bruno deve estar decepcionado, rasgando a língua diante do seu dinamismo e o entusiasmo da equipe de trabalho. O APU é um departamento da Fundação Cultural, que, por sinal, deveria deixar de sê-lo, mas isso é uma definição a ser tomada pelos ideólogos da cultura uberabense. O Arquivo Público tem grandeza e importância para ser além do que é.
Mas voltaremos ao nosso amigo Ovídio Fernandez, de quem tenho saudades: saudade é um trem que não acaba. Ao se avolumar, permiti o seu controle, enqunto sementinha é de difícil controle. Ovídio era um homem complexo, simples na forma de encarar o mundo, preservando amigos. Ele é raposa do pequenino príncipe, que permite ser cativadonos cativando com o seu idealismo e amor à vida. Sempre tinha um caso a nos contar, um desenho a traçar, uma piada comportamental a nos empregar. Gostou tanto da vida que, mesmo sobre cadeiras, não perdeu o seu olhar de amor e de melancolia, a mirar pelas frestas a mediocridade que poucos não conseguem se livrar dela.
O programa Tons in Versos, ao homenagear esse homem, homenageia seus amigos e àqueles que não tiveram a graça da convivência. Não dá para ser o mesmo quando se conhece Ovídio.
Parabéns, Patricia e Lucas, pelo programa. No entanto, sabemos que todo empreendimento não é fácil, ainda mais aqueles ligados à cultura. Que Oxalá ponha bênção nutrindo os seus esforços, abrindo caminhos e fortalecendo-os na superação dos obstáculos naturais que a vida nos proporciona, mas livra-nos da ignorância palpiteiraproativa alheia."

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Tons in Versos



Tons in Versos é um programa veiculado pela TV Universitária de Uberaba-MG, todo sábado às 21 horas e domingo às 18 horas com o objetivo principal de divulgar as questões culturais da região conhecida como Triângulo Mineiro, salientar a história, o potencial turístico, a riqueza da culinária, da música e literatura, a força da cultura popular e de todas as expressões natas do povo dessa região que reforçam e potencializam a nossa identidade cultural.